logo

This post is also available in: English

Declaração da Filosofia de Bem-Estar da LIS

Na LIS, acreditamos que a aprendizagem é um processo social e emocional, e que o desenvolvimento das capacidades cognitivas, afectivas e sociais é essencial para a formação global de cada pessoa. Todos os membros da LIS contribuem para o bem-estar da comunidade; consideramos que isso é fundamental para a identidade da nossa escola. Sabemos que se aprende melhor quando o ambiente é seguro e baseado na confiança, apoio e respeito mútuo. Assim, o ensino e prática do bem-estar integra-se naturalmente no nosso currículo, a todos os níveis de escolaridade, e não é tratado como um programa isolado.

Por estas razões, a LIS:

  • Valoriza e facilita oportunidades pedagógicas que são relevantes, inclusivas e autênticas
  • Oferece aos alunos um espaço para assumir liderança e acção
  • Reforça a ideia de que os alunos têm o conhecimento, consciência e coragem para tomar decisões ponderadas
  • Orienta os alunos no sentido da auto-regulação, identificando a relação entre comportamentos e consequências
  • Entende que os erros são oportunidades para crescer e aprender
  • Incentiva os alunos a tornarem-se o melhor de si mesmos, uma vez que compreendem a sua identidade e o papel que desempenham na sociedade
  • Motiva os alunos a criar uma mudança positiva no mundo
  • Uma comunidade forte assenta na inclusão, participação, comunicação, gentileza e respeito mútuo.
    Uma comunidade forte assenta na inclusão, participação, comunicação, gentileza e respeito mútuo.
    Muito obrigado a todas as famílias que vieram até à escola neste sábado, 7 de outubro de 2017, para comemorar connosco mais um Dia Internacional da LIS! Celebrações, boa comida e muita diversão contribuíram para um excelente dia passado em família. O ambiente foi festivo, com sorrisos passando de uns para os outros, e todos se sentiram genuinamente orgulhosos por apresentar a sua cultura e identidade. A nossa declaração de missão destaca a caraterística de sermos um grupo diverso de aprendizes. Estamos muito agradecidos a toda a comunidade da LIS por ter contribuído para organizar as bancas de cada país e por ter oferecido os seus serviços em várias tarefas de voluntariado. O nosso agradecimento especial aos membros da PTA, que ajudaram a planear e coordenar este evento escolar tão bem sucedido.
  • < AnteriorSeguinte >
  • A LIS manter um plano estratégico e um processo de reflexão sistemático e inclusivo.
    A LIS manter um plano estratégico e um processo de reflexão sistemático e inclusivo.
    Nos dias 10 e 11 de março de 2017, um grupo de 28 participantes, composto por alunos, pais, funcionários e membros do Conselho da LIS, participaram num retiro de estratégia para a escola.  Aqui discutimos informações, partilhámos pontos de vista, desafiámos panoramas e resumimos as nossas ideias sobre a missão, visão, valores e parâmetros para a nossa escola. Antes de dar início aos trabalhos, foi definido o protocolo processual da reunião, de modo a garantir uma participação equilibrada e justa. Assim, durante o encontro, não houve nenhuma voz maior ou menor do que a outra. Dada a diversidade do grupo, chegar a um consenso relativamente aos grandes temas, como missão e valores, não foi tarefa fácil. Efetivamente, grande parte do tempo foi passado a rever, rejeitar, reescrever e por último aceitar as declarações de valores. Muitos dos intervenientes destacaram temas específicos que merecem especial atenção e falaram com grande entusiasmo e respeito em defesa das suas ideias. Agradecemos ao Dr. Andy Page-Smith, que com muita competência, mestria e respeito, tornou possível este exercício e simplificou o processo de tomada de decisões.
  • < AnteriorSeguinte >
  • A aprendizagem floresce quando relações positivas baseadas no respeito ocorrem num ambiente de inclusão.
    A aprendizagem floresce quando relações positivas baseadas no respeito ocorrem num ambiente de inclusão.
    A Secção Primária da LIS implementou um Programa de Voluntariado para a Leitura que tem por objetivo ajudar os alunos dos Anos 1, 2 e 3 e os alunos de Português A a desenvolver as suas competências na leitura. Os Voluntários visitam as salas de aula durante o dia, ouvem os alunos a ler e ajudam estes novos leitores a praticar esta importante tarefa da sua educação. Tanto os próprios alunos como os pais e os nossos professores acolheram esta ideia de forma muito positiva e deram-nos um feedback excelente, “os pais aproveitam ao máximo esta oportunidade de interagir com as crianças e as crianças adoram ler para os voluntários e demonstrar que estão cada vez melhores”.  Muito obrigado, Voluntários para a Leitura!
  • < AnteriorSeguinte >
  • A integridade, empatia, e confiança são fundamentais.
    A integridade, empatia, e confiança são fundamentais.
    Todos os anos em Setembro a LIS comemora o Dia da Paz. O programa arranca com uma assembleia de manhã e continua pelo dia fora com várias oficinas que têm como tema a Paz. O dia termina com um desfile: os alunos fazem uma “caminhada pela Paz” percorrendo um trajeto marcado no campus, até chegar à zona da cafetaria, onde se reúnem para o final. Os pais são convidados a assistir e aplaudir.
  • < AnteriorSeguinte >
  • Aprender a lidar com os aspectos cognitivos, criativos, físicos, sociais e emocionais é fundamental para uma experiência educativa equilibrada.
    Aprender a lidar com os aspectos cognitivos, criativos, físicos, sociais e emocionais é fundamental para uma experiência educativa equilibrada.
    Todas as semanas os professores do ELC revezam-se para planear novos estímulos ao ar livre com várias finalidades, para incentivar o raciocínio das crianças e desenvolver competências específicas. A Sra. Che’te decidiu colocar boias de vários formatos e cores no chão para as crianças brincarem, e o resultado foi a transformação destes objetos em trampolins: os alunos divertiram-se a pular, saltar e passar de uma boia para a outra. Enquanto uns comparavam a experiência à sensação provocada pela boia (“é como andar com as pernas bambas”, ou diziam a palavra “coelho”, fingindo saltitar da toca, para exprimir o que entendiam da sua reação), outras crianças apontaram a relação entre as cores e as formas das boias (“parece o arco-íris”, ou “são triângulos”). No final, esta experiência serviu para promover o desenvolvimento da capacidade de autogestão, assim como a coordenação motora e a percepção espacial - ou seja, habilidades valiosas para o crescimento e desenvolvimento dos nossos jovens alunos nesta fase da infância.
  • < AnteriorSeguinte >