logo

This post is also available in: English

Ensinar na LIS

Aqui na Escola Internacional de Luanda (LIS) definimo-nos como uma comunidade diversa de aprendentes, empenhados em formar indivíduos solidários, confiantes e socialmente responsáveis, que triunfam no mundo. Se se identifica com esta nossa missão, continue a ler!  

A LIS procura acolher profissionais com vocação internacional e capacidades comprovadas para fortalecer, incentivar e inspirar uma aprendizagem baseada em conceitos, orientada pela curiosidade e investigação e dedicada ao bem-estar social, emocional e académico dos alunos. Os nossos professores, alunos e famílias chegam a Luanda de todos os cantos do mundo. Temos mais de 55 nacionalidades representadas no nosso corpo estudantil. Juntos em Luanda, formamos uma comunidade coesa e solidária que valoriza acima de tudo o respeito, a voz dos alunos, a liderança e o crescimento.  

A Escola Internacional de Luanda é uma escola emocionante num país igualmente emocionante. Com um currículo assente sobre a compreensão, e professores determinados em criar relações genuínas com os seus alunos, instalações seguras e bem apetrechadas, é de referir ainda que oferecemos o que pode muito bem ser uma das melhores salas de aula de todo o mundo: Angola. Por favor contacte a nossa equipa de Recursos Humanos para mais informações sobre carreiras na LIS.

A Escola Internacional de Luanda (LIS) está profundamente empenhada na defesa e promoção do bem-estar das crianças e jovens. A forte posição que defendemos na proteção e salvaguarda dos alunos é um incentivo para atrair, recrutar e manter educadores de alto nível. Acreditamos que ser contratado por uma escola que define altos padrões de proteção infantil e políticas e práticas de recrutamento mais seguras é uma mais-valia profissional e afirma a nossa integridade, protegendo todos os membros da nossa comunidade tão diversa.

Os protocolos que regulam o nosso processo de recrutamento são rigorosos e implicam a verificação de antecedentes criminais. A LIS exige a todos os funcionários e voluntários em contacto com os alunos que apresentem o registo criminal emitido no país da sua residência ou de atual emprego. Este documento não pode ter mais de seis meses à data da partida desse país. É também exigida a verificação de antecedentes criminais no país de emissão do passaporte, assim como outros países onde eventualmente tenha trabalhado por um período superior a 6 meses. Se não for possível obter esse registo junto às autoridades da polícia, a LIS requer uma declaração do anterior empregador, indicando não existir qualquer questão relativamente à sua capacidade de trabalhar com crianças ou jovens, nem alegações ou indícios de comportamento suspeito com menores de idade.

Ao avaliar as competências de ensino para um potencial posto de docência na nossa escola, apreciamos os seguintes critérios:

Secção Primária: Licenciatura e habilitação de ensino a nível de educação pré-primária/primária, ou licenciatura numa área de especialização com certificação de ensino. Conhecimento e/ou experiência do programa educativo do IB (PYP) é preferencial.  

Secção Secundária: Licenciatura na área da disciplina a leccionar, e certificação pedagógica obrigatórias. Conhecimento e/ou experiência do programa educativo do IB de nível intermédio ou secundário (MYP e DP) é preferencial. Treino numa segunda disciplina é muito desejável.

Além disso, consideramos também os seguintes critérios:

  • Um mínimo de dois anos de experiência positiva a tempo integral numa escola primária ou secundária devidamente credenciada – de preferência, uma escola internacional.
  • O candidato possui um conhecimento excepcional da sua área e é capaz de ensiná-la a vários níveis.
  • Tem conhecimento e aplica as mais recentes práticas educativas com sucesso.
  • Demonstra entendimento e capacidade de trabalhar com alunos que têm Inglês como Língua Estrangeira (ou conhecimentos limitados de Inglês) na sala de aula.
  • Comunica de forma positiva e eficaz tanto no grupo de trabalho como com os pais e membros da comunidade.
  • Demonstra resiliência e sentido de flexibilidade perante desafios e dificuldades.
  • Uma comunidade diversa dedicada à aprendizagem, empenhada em criar indivíduos solidários, confiantes e socialmente responsáveis, que prosperam no mundo.
    Uma comunidade diversa dedicada à aprendizagem, empenhada em criar indivíduos solidários, confiantes e socialmente responsáveis, que prosperam no mundo.
    Se pegarmos em três alunas ambiciosas do Ano 12 da LIS, uma boa causa médica e a montanha mais alta do continente africano, temos a receita para uma experiência de vida verdadeiramente inspiradora. A nossa equipa ‘Trek for Meds’ composta pela Molly, Nabeeha e Denise planeou e completou com sucesso uma expedição ao Kilimanjaro, o ponto mais alto de toda a África! O objectivo coletivo era angariar fundos para comprar testes e medicação preventiva contra a malária, para distribuir entre as famílias de áreas rurais de Angola. A malária é responsável por uma elevada taxa de mortalidade infantil no país. A equipa Trek for Meds sentiu o enorme incentivo e reconhecimento por parte das comunidades, tanto as mais próximas como as mais longínquas. Este extraordinário apoio que a equipa recebeu ajudou na altura de “conquistar” a montanha e ultrapassar o objetivo inicial de angariar 3.000 dólares. Esta é a forma mais pura de liderança em serviço.  Dentro do espírito da nossa nova declaração de missão, estamos certos de que esta incrível história vai inspirar muitos outros alunos, levando-os a encontrar formas únicas de “progredir e vencer” no mundo.
  • < AnteriorSeguinte >