logo

This post is also available in: English

Publicações

Primária - Manual para os Pais e Alunos 2019 - 20

Secundária - Manual para os Pais e Alunos 2019 - 20

Turma de 2021 Manual do Programa de Diploma - Estudante e Pais

Turma de 2023 Manual do Programa de Diploma - Estudante e Pais

Bem-vindos ao novo ano escolar 2019-2020

2017.09 Notícias da LIS

2017.11 Notícias da LIS

2017.11.12 Notícias da LIS

2018.01 Notícias da LIS

2018.02 Notícias da LIS

2018.03.04 Notícias da LIS

2018.04.05 Notícias da LIS

2018.06 Notícias da LIS

2018.08 Notícias da LIS

2018.09 Notícias da LIS

2018.10 Notícias da LIS

2018.11.12 Notícias da LIS

  • Uma comunidade diversa dedicada à aprendizagem, empenhada em criar indivíduos solidários, confiantes e socialmente responsáveis, que prosperam no mundo.
    Uma comunidade diversa dedicada à aprendizagem, empenhada em criar indivíduos solidários, confiantes e socialmente responsáveis, que prosperam no mundo.
    Se pegarmos em três alunas ambiciosas do Ano 12 da LIS, uma boa causa médica e a montanha mais alta do continente africano, temos a receita para uma experiência de vida verdadeiramente inspiradora. A nossa equipa ‘Trek for Meds’ composta pela Molly, Nabeeha e Denise planeou e completou com sucesso uma expedição ao Kilimanjaro, o ponto mais alto de toda a África! O objectivo coletivo era angariar fundos para comprar testes e medicação preventiva contra a malária, para distribuir entre as famílias de áreas rurais de Angola. A malária é responsável por uma elevada taxa de mortalidade infantil no país. A equipa Trek for Meds sentiu o enorme incentivo e reconhecimento por parte das comunidades, tanto as mais próximas como as mais longínquas. Este extraordinário apoio que a equipa recebeu ajudou na altura de “conquistar” a montanha e ultrapassar o objetivo inicial de angariar 3.000 dólares. Esta é a forma mais pura de liderança em serviço.  Dentro do espírito da nossa nova declaração de missão, estamos certos de que esta incrível história vai inspirar muitos outros alunos, levando-os a encontrar formas únicas de “progredir e vencer” no mundo.
  • < AnteriorSeguinte >
  • Uma comunidade forte assenta na inclusão, participação, comunicação, gentileza e respeito mútuo.
    Uma comunidade forte assenta na inclusão, participação, comunicação, gentileza e respeito mútuo.
    A Escola Internacional de Luanda celebrou o Dia da Independência de Angola a 10 de Novembro de 2017. A assembleia comemorativa foi um excelente exemplo de como a escola põe em prática a sua missão de desempenhar um papel cada vez mais relevante aqui em Angola. Esta mensagem foi também realçada pelo nosso convidado especial, o Sr. Toty, que falou sobre “construir pontes” entre a escola e a comunidade. O Sr. Toty ficou muito impressionado com a escola e o empenho demonstrado em várias áreas, incluindo liderança estudantil - é um valor central na nossa identidade e um verdadeiro dom que prezamos, cuidamos e respeitamos.
  • < AnteriorSeguinte >
  • Uma comunidade diversa dedicada à aprendizagem, empenhada em criar indivíduos solidários, confiantes e socialmente responsáveis, que prosperam no mundo.
    Uma comunidade diversa dedicada à aprendizagem, empenhada em criar indivíduos solidários, confiantes e socialmente responsáveis, que prosperam no mundo.
    Venha conhecer a Dahlia, o Victor e o Bluu, e acompanhe-os numa viagem de mindfulness até Golden Sparkles. Da autoria da nossa Ms. Catarina, do ELC, e baseado nas experiências dos seus próprios alunos, este livro convida os leitores a “Ouvir o que o corpo diz. Afinal não custa nada. Basta um minutinho só, e deixas de estar chateada”. Para ajudar os alunos a lidar com aspectos sociais e emocionais nas suas vidas, a Ms. Catarina pegou nos instrumentos que o currículo do IB oferece (como os atributos do Perfil do Aluno) e combinou-os com perspectivas que desenvolveu ao trabalhar com o professor especialista e praticante de mindfulness, Bora Rancic. Assim, integrou mindfulness no programa, dando aos seus alunos o tempo necessário para incorporarem atenção, independência e consideração pelos outros à sua aprendizagem, que vai acontecendo em conjunto com os colegas e graças a eles. Após algum tempo, as crianças já pediam à vez para orientar os exercícios de respiração que faziam durante as sessões de mindfulness da manhã. E no fim do ano, os pais dessas crianças, agradecidos, contavam com essa experiência de mindfulness alargada a toda a família, mesmo depois de os alunos passarem para o ano seguinte. Este desenrolar de eventos encadeados inspirou a Ms. Catarina a escrever Golden Sparkles, um livro que explica às crianças como entrar em sintonia com os seus sentimentos no momento exato em que respiram, com renovada atenção e propósito. Parabéns à Sra. Catarina, professora do ELC, autora de livros infantis e praticante de mindfulness. Não há dúvida que, junto com os seus alunos, nos ensina a prosperar no mundo!
  • < AnteriorSeguinte >
  • A integridade, empatia, e confiança são fundamentais.
    A integridade, empatia, e confiança são fundamentais.
    Todos os anos em Setembro a LIS comemora o Dia da Paz. O programa arranca com uma assembleia de manhã e continua pelo dia fora com várias oficinas que têm como tema a Paz. O dia termina com um desfile: os alunos fazem uma “caminhada pela Paz” percorrendo um trajeto marcado no campus, até chegar à zona da cafetaria, onde se reúnem para o final. Os pais são convidados a assistir e aplaudir.
  • < AnteriorSeguinte >
  • A aprendizagem floresce quando relações positivas baseadas no respeito ocorrem num ambiente de inclusão.
    A aprendizagem floresce quando relações positivas baseadas no respeito ocorrem num ambiente de inclusão.
    A Secção Primária da LIS implementou um Programa de Voluntariado para a Leitura que tem por objetivo ajudar os alunos dos Anos 1, 2 e 3 e os alunos de Português A a desenvolver as suas competências na leitura. Os Voluntários visitam as salas de aula durante o dia, ouvem os alunos a ler e ajudam estes novos leitores a praticar esta importante tarefa da sua educação. Tanto os próprios alunos como os pais e os nossos professores acolheram esta ideia de forma muito positiva e deram-nos um feedback excelente, “os pais aproveitam ao máximo esta oportunidade de interagir com as crianças e as crianças adoram ler para os voluntários e demonstrar que estão cada vez melhores”.  Muito obrigado, Voluntários para a Leitura!
  • < AnteriorSeguinte >